Imunização continua disponível nos postos de saúde.

Adultos entre 20 e 29 anos precisam ter duas doses da vacina.

Vacina contra o sarampo Honório Moreira A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, destinada à faixa etária entre 20 e 29 anos, imunizou 46.654 adultos dessa idade em Santa Catarina, divulgou a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) na tarde desta segunda-feira (2).

A campanha ocorreu de 18 a 30 de novembro.

No total, 114.751 pessoas compareceram aos postos de saúde, mas a maioria já estava com a vacina em dia. Por estimativa do Ministério da Saúde, 420 mil adultos da faixa etária deveriam ter se vacinado.

Por isso, a Dive-SC reforçou que a imunização continua disponível nos postos de saúde de todo o estado.

Adultos entre 20 e 29 anos foram os que mais contraíram a doença em Santa Catarina.

De acordo com o boletim mais recente da Dive-SC, divulgado em 13 de novembro, o estado tem 94 casos de sarampo.

Um novo relatório sobre a situação da doença no estado deve sair ainda nesta semana. “O sarampo pode deixar sequelas e, em casos mais grave, levar à morte.

A vacina é a única forma de prevenção, por isso a gente reforça que é muito importante que todos estejam vacinados”, afirmou a gerente de Imunização, Lia Quaresma Coimbra. Vacinação Nas crianças, a primeira dose da vacina contra o sarampo deve ser tomada aos 12 meses e a segunda, aos 15 meses.

Quem tomar essas duas doses fica protegido por toda a vida.

Bebês também devem tomar a chamada "dose zero", aos 6 meses de idade. Quem não sabe se tomou a vacina e perdeu a caderneta de vacinação, deve seguir as seguintes orientações da Dive-SC: Pessoas entre 1 e 29 anos devem tomar duas doses da vacina com um intervalo mínimo de 30 dias Entre 30 e 49 anos, a orientação é tomar apenas uma dose As vacinas que previnem o sarampo são a tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e a tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e catapora). Suspeita em Joaçaba No Oeste do estado, a Secretaria Municipal de Saúde de Joaçaba informou que todas as pessoas que estiveram na festa Arena Sunset Festival em 23 de novembro, na Associação Vendedores Viajantes Meio Oeste Catarinense (Avvimoc), devem procurar um posto de saúde para verificar a situação vacinal.

Entre os participantes havia uma pessoa com suspeita de sarampo.

A organização do evento não quis se manifestar sobre o caso. Sarampo A doença é causada por um vírus que se espalha facilmente pelo ar através da respiração, tosse ou espirros. Segundo a Dive-SC, os sintomas são: febre alta coriza tosse olhos avermelhados manchas vermelhas Veja mais notícias do estado no G1 SC